Feliz 2016!

Acho que eu nunca vi tantas postagens vindas de pessoas diferentes, porém com o mesmo conteúdo: “2015 difícil”.

  
É…não foi fácil mesmo não!

Posso dizer que profissionalmente foi incrível…

Me formei na consultoria de moda e estilo. Meses depois mais uma conquista: me tornei produtora de moda. Foram muitos cursos ao longo do ano, muita dedicação e muita gente confiando no meu trabalho. 

Então por que reclamar tanto? Trabalhar é uma delícia. Poder ver nossos sonhos saindo do papel e fazendo momentos incríveis então nem se fala… É bom demais! O primeiro salário. Comprar aquela coisa que a gente queria muito com o próprio dinheiro… Pagar a cerveja com os amigos, sair pra jantar com alguém querido… Pois é! Mas a vida é beeeem mais que isso. 

Mais que sucesso profissional a gente busca paz, amor, companheiros e momentos.

Talvez nessa minha escolha em colocar o trabalho em primeiro lugar perdi muitos momentos… Me arrisquei em estradas, nos trânsitos da vida, nas ruas e acabei deixando minha vida pessoal um pouco de lado. 

E quando eu fui priorizar a vida pessoal meti os pés pelas mãos e fiz tudo errado. Sabem como? Acho que faltou saber planejar, equilibrar, maneirar… Mas olha! Não tem problema. Talvez se eu não tivesse errado eu jamais saberia agir certo pra próxima. 

  

Dias atrás escrevi um texto no facebook falando sobre as experiências que mais mexeram comigo e são elas o motivo que estou aguardando muito essa virada nessa noite. Não pelo ano. Mas por saber que vou ter uma nova chance. De provar minhas mudanças, de saber ponderar e conseguir viver diferente com tudo aquilo que me fez mal. Nesse texto também tinha mágoa. Mas eu li em algum lugar que precisamos perdoar por nós, senão não teremos paz. E aí eu entendi que preciso perdoar o que me magoou e me feriu, porque no fim das contas se não fossem as cicatrizes não teria crescimento.

  

As reclamações não seriam unânimes se não possuíssem um fundinho de verdade se quer. Precisamos evoluir. Precisamos de realidade. Sei o quanto é difícil não projetar, não iludir e não imaginar mil coisas… Mas me parece que essas atitudes tem um peso grande quando a decepção chega. Por que não se prevenir?

  

Depender mais de nós mesmo… Acreditar que se a gente não souber sozinhos ficará difícil. Primeiro precisamos nos amar. Precisamos saber o nosso valor e se ele se encaixa na areia onde vamos pisar…

Falando em pisar! Não pise em ninguém! Você, eu e todas as pessoas do mundo são diferentes. Nem melhor, nem pior, apenas diferente. 

Vamos diminuir o barulho. Tem horas que o silêncio é rei.

Das minhas metas imaginárias: aprender a falar não, respeitar o meu espaço, viver mais , esperar menos , arriscar mais , reclamar menos , agradecer mais, se preocupar menos…

Aos poucos vou preenchendo essa lista. Não quero me impor nada. Apenas ser feliz!

Quem vem comigo?

Feliz 2016 pra gente! Feliz ano novo! Feliz novas oportunidades! Feliz hoje, amanhã e todos os outros dias! 

  
XO. 

One Comment

  1. Eu vou com vc Cá!! Sempre!! Feliz 2⃣0⃣1⃣6⃣!! Muita saúde, paz, amor e mais to nem ai né!! Adoro vc! Texto lindo!!! ❤️😘

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *